Dicas de Marketing de conteúdo para escritórios de advocacia

Dizer que o mundo está mudado e que anda numa velocidade bem mais intensa, seria chover no molhado. Seria, porque ainda há uma leva bem grande de pessoas que ainda não percebeu detalhadamente dessas mudanças. E isso vale de forma especial para os advogados, importante segmento profissional e de negócios que precisa, com urgência, atentar para pelo menos duas urgentes mudanças de rota em suas atividades. A primeira é a comunicação e o mergulho nas técnicas do Marketing de conteúdo.

E ainda dentro dessa linha de melhorar a comunicação, o advogado também precisa perceber que o cliente também já não é mais o mesmo e, hoje, ficou mais difícil ganhar um novo assim como manter o cliente já conquistado. Uma das razões para a mudança do cliente é que ele evoluiu e, entre outras coisas, tem internet em casa. Vasculha tudo, até o andamento daquele processo nos tribunais.

Experimente o Sisea por 30 dias!

Ficou mais fácil perder cliente antigo

Ou seja, ganhar um cliente novo não significa mais ir dormir em colchão de mola – até porque este também ficou ultrapassado. Aquele advogado que ‘se escondia’ do cliente terá que mudar de postura – ou ele mesmo atende ou terá que ter alguém em seu escritório para prestar informações ao cliente. Ou corre o risco de perdê-lo, pois ali mesmo na esquina há outro escritório que pode dar essas informações.

Não há mais como fugir das armadilhas de um mundo cuja nova palavra de ordem é a comunicação. E se está difícil ganhar um cliente novo, ficou mais fácil perder um já conquistado. Neste novo mundo, em que a advocacia transformou-se em negócio jurídico, estar alerta é fundamental.

Com novas tecnologias, novas estratégias

Existem táticas e estratégicas novas de trabalho, com grandes alternativas de êxito, mas, não é possível esquecer que o Código de Ética da OAB continua pairando sobre a cabeça de todos, quando o assunto é publicidade, qual espada de Dâmocles. Se a publicidade para o advogado, como sabonete ou detergente de louça, continua proibida, é preciso valer-se exatamente das oportunidades que este novo mundo reserva.

O Marketing de conteúdo é uma estratégia de vendas moderna, já bastante testada em todo mundo, e constitui uma das três pernas de um sistema mais amplo, o Inbound Marketing. Para as novas necessidades do advogado e seus negócios jurídicos, encaixa-se como solução perfeita. Ele diferencia-se dessa propaganda tradicional que todos já conhecemos em TVs, YouTube, jornais e rádios.

Objetivo é a interação com o futuro cliente

Para o advogado, a primeira dificuldade quanto a essa publicidade tradicional é exatamente a exposição direta, proibida pelo Código da OAB. E, tecnicamente, é uma publicidade estanque, parada, sem nenhuma interação com o leitor/expectador/cliente. Num jornal ou site, você pode simplesmente ignorá-la e nem tomar conhecimento de sua mensagem. Na TV ou YouTube, ela provoca até mesmo revolta, pois interrompe seu programa ou a música que você estava ouvindo.

Estas novas estratégias, como o Marketing de conteúdo, visam acabar exatamente com esta monotonia e falta de participação do expectador. Em vez de correr atrás do cliente/consumidor, sem nem sempre alcançá-lo, o Inbound Marketing busca interagir com ele, conquistar o futuro cliente.

Com um custo abaixo do tradicional

Por isso os técnicos costumam chamá-lo também como Marketing de Atração. Essa estratégia de marketing possui três grandes pernas de sustentação para buscar a aproximação com o cliente: o Marketing de conteúdo, estratégias de SEO e estratégias para redes sociais.

Dentro de uma nova e ampla estratégia de marketing, elas podem trabalhar em conjunto, visando a interação e a participação ativa desse futuro cliente. E isso antes mesmo de ele saber que será seu cliente. Outra vantagem destas estratégias é seu custo relativamente menor para todo o processo de venda, que não é curto, embora nem todo mundo perceba isso.

Procedimentos muito bem estudados

Conforme mostram estudos especializados, um processo de vendas vai desde o momento em que você é visto pela primeira vez pelo cliente – você é o produto, lembre-se – até o fechamento da venda, ou seja, quando ele precisar de um advogado e for procurá-lo. Antes disso, portanto, este futuro cliente já deve saber que você existe e que é um excelente profissional. O Marketing de conteúdo faz esta laçada de grande alcance e prepara o cidadão para ser seu cliente, na hora adequada.

Parece magia, não é mesmo? Pois é, mas não se trata de magia, mas, de procedimentos cientificamente estudados e com resultados positivos para todos os ramos empresariais.

Comece com o planejamento estratégico

O Marketing de conteúdo age pela atração do cliente, fazê-lo conhecer bem o ‘produto’ antes de comprá-lo. A compra será um resultado natural, amadurecido e, provavelmente, para sempre. Um cliente fiel. O advogado será ‘vendido’ como um profissional de qualidade, conhecedor das leis e das doutrinas e, portanto, à disposição para o momento da necessidade.

Para fazer isso, entram técnicas e estratégias já devidamente amadurecidas. É preciso começar um pouco lá atrás, com um bom planejamento estratégico para que você conheça muito bem o seu escritório e suas potencialidades. Possíveis distorções, se existirem, serão corrigidas durante esse processo do planejamento estratégico.

A estratégia consiste em estar em todo lugar

Assim que forem conhecidas as potencialidades do seu escritório e estabelecidas as metas a serem perseguidas, serão, também, definidos os meios de marketing para chegar a essas metas. O Marketing de conteúdo, com certeza, será um desses pilares importantes. E ele funciona através de um bom portal para seu escritório, um blog para o titular ou para advogados do escritório, com e-mails muito bem estudados e o uso correto das redes sociais, o que é fundamental.

Isso vai tornar o advogado conhecido, inclusive do grande público. Não importa a sua especialidade, se apenas para áreas mais sofisticadas, como exportação, por exemplo. Seu nome precisa estar nos meios de comunicação de massa, onde hoje se sobressai a internet.

Nome conhecido fortalece os negócios

Por isso mesmo, o site do seu negócio jurídico será um dos mecanismos para promover sua inserção nos meios sociais, utilizando-se das alternativas que a internet proporciona. Textos escritos pelo titular do escritório ou seus sócios, empregando estratégias de SEO, e o devido uso das redes sociais, fazem o trabalho de propagação. O conteúdo, claro, é parte essencial, e isso é a sua parte. O advogado precisa mostrar-se conhecedor dos principais assuntos em discussão, mostrar conhecimento e opinar sobre eles.

O Marketing de conteúdo inclui a participação em debates e encontros sociais, envio de e-mails com seus artigos, o uso adequado do Linkedin, inclusive com artigos (tem público especializado) e a reprodução de tudo isso em redes sociais, de forma inteligente e criativa. Na medida em que seu nome – e de seus sócios no escritório – tornar-se de conhecimento público, o fortalecimento dos negócios será a consequência natural e lógica.

Gostou do artigo? Veja mais sobre marketing jurídico. Clique aqui!

Escrito por sisea

Separamos esses artigos para você...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *